M4n1f3ST0

Ir em baixo

M4n1f3ST0

Mensagem por vanMarshen em Sab 23 Abr - 15:42


Um manifesto é uma declaração verbal publicada sobre as intenções, motivos ou pontos de vista do emissor, seja um indivíduo, grupo, partido político ou governo.

Um manifesto geralmente aceita uma opinião ou consenso público previamente publicado ou promove uma nova ideia com noções prescritivas para a realização de mudanças que o autor acredita que devam ser feitas.

Muitas vezes é político ou artístico por natureza, mas pode apresentar a postura de vida de um indivíduo.

Manifestos relacionados à crença religiosa são geralmente referidos como credos.


avatar
vanMarshen
Corja

QG : 17
Codinome : Sybilla

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por vanMarshen em Sab 23 Abr - 15:44



Vem da palavra italiana manifesto,
que por sua vez é derivada do latim manifestum,
que significa claro ou conspícuo.




Última edição por sb em Sab 23 Abr - 15:52, editado 1 vez(es)
avatar
vanMarshen
Corja

QG : 17
Codinome : Sybilla

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por vanMarshen em Sab 23 Abr - 15:48

Educacionais



Manifestos educacionais são documentos que propõem uma mudança ou mudanças em um sistema educacional atual.
Eles podem ser escritos por corpos diretivos, organizações ou indivíduos envolvidos na educação como pais, estudantes,
administradores ou outras partes interessadas.


avatar
vanMarshen
Corja

QG : 17
Codinome : Sybilla

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por Moorea em Seg 25 Abr - 20:47



O escritor ou escritores são posicionados como um grupo minoritário, com manifestos destinados a um grupo maioritário.
Os manifestos educacionais incluem crenças pessoais ou de grupo sobre o que é importante ou correto na educação, fazem declarações sobre o estado atual da educação, diferenciam termos comuns na educação e fazem sugestões para a mudança dos sistemas educacionais atuais.

avatar
Moorea
Miembro|de|Oro

QG : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por St.Maarten em Seg 25 Abr - 22:43



Manifestos Educacionais podem frequentemente incluir observações sobre a sociedade e se os alunos estão ou não preparados para participar plenamente quando terminarem a escolaridade obrigatória.

avatar
St.Maarten
Miembro|de|Oro

QG : 30

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por 4d4g4 em Sab 7 Maio - 22:38



Essas observações podem incluir um desalinhamento percebido entre a escola obrigatória e a sociedade, aspectos injustos, injustos ou corretos da educação, ou percepção de falta de personalização na aprendizagem.

Outros tópicos que são freqüentemente abordados em manifestos educacionais incluem currículo, financiamento, personalização, tamanho da turma, burnout de professores e testes padronizados, entre outros.




Última edição por cyg em Sab 7 Maio - 22:46, editado 1 vez(es)
avatar
4d4g4
Miembro|de|Oro

QG : 20
Codinome : Cygnus

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por 4d4g4 em Sab 7 Maio - 22:40



Manifesto de Educação em Humanidades Digitais

Esses manifestos podem oferecer uma reflexão ou repensar alguns aspectos da educação ou do ensino e da aprendizagem.
Podem incluir histórias pessoais, citações, anedotas ou experiências na sala de aula ou na administração.

avatar
4d4g4
Miembro|de|Oro

QG : 20
Codinome : Cygnus

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por Nicolaas em Qua 13 Jul - 21:12




A reflexão ou repensar serve para ilustrar como ou por que um aspecto de um sistema educacional requer mudanças.

Essas reflexões muitas vezes lembram os leitores da importância de relacionamentos positivos e consistentes de professor-aluno em um bom sistema educacional.

avatar
Nicolaas
Cáfila

QG : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por Nicolaas em Qua 13 Jul - 21:13



Manifestos educacionais clamam por reflexão ou "repensar" por parte da maioria na educação, oferecem uma razão para esperar por mudanças, e fazem recomendações para colocar a mudança em ação.

As razões para a esperança podem incluir anedotas de alunos, professores ou pais, ou um retorno do que motiva professores e alunos a ensinar e aprender juntos.


avatar
Nicolaas
Cáfila

QG : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por S4v01r em Qua 13 Jul - 21:18




Manifestos escritos por indivíduos freqüentemente se concluem pelo compartilhamento de técnicas, táticas ou filosofias que o escritor considerou úteis em seu próprio ensino ou prática administrativa.

Aqueles escritos por grupos ou organizações incluem recomendações para iniciar ou continuar a mudança em áreas apropriadas.


avatar
S4v01r
Real|Mojo

QG : 15
Codinome : Bora

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por S4v01r em Qua 13 Jul - 21:21


Manifestos Políticos Notáveis:

A Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão (1789) durante a Revolução Francesa
A Declaração de Independência do Haiti (1804) após a Revolução Haitiana
O Manifesto de Cartagena (1812), de Simón Bolívar
O Manifesto de Tamworth emitido em 1834 por Sir Robert Peel
A Declaração de Sentimentos (1848)



avatar
S4v01r
Real|Mojo

QG : 15
Codinome : Bora

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por V4l3nt3 em Qui 14 Jul - 0:22



O Manifesto Comunista (1848), de Karl Marx e Friedrich Engels

O Manifesto Anarquista (1850), de Anselme Bellegarrigue

O Manifesto de Outubro (1905), lançado por Nicolau II, em um esforço para cessar a Revolução Russa de 1905
O Manifesto de Dezesseis (1916)

O Manifesto Urmia da Assíria Livre, (1917) pelo Dr. Freydun Atturaya
O Manifesto Liminar na Revolução da Universidade Argentina (1918)


avatar
V4l3nt3
Miembro|de|Oro

QG : 16
Codinome : Bonaire

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por V4l3nt3 em Qui 14 Jul - 0:30



O Manifesto Fascista (1919), de Fasci di Combattimento
O Manifesto dos Intelectuais Antifascistas (1925), de Benedetto Croce

Mein Kampf (Minha Luta) (1925), de Adolf Hitler
O Manifesto Regina (1933), pela Co-operative Commonwealth Federation

O Manifesto Humanista I, II e III (1933, 1973, 2003)
O Manifesto SCUM (1968), de Valerie Solanas


avatar
V4l3nt3
Miembro|de|Oro

QG : 16
Codinome : Bonaire

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por txs em Dom 17 Jul - 17:25



O Manifesto Negro (1969), pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico Negro, incluindo James Forman
O Manifesto das 343 (1971), de Simone de Beauvoir, no qual 343 mulheres francesas admitiram ter um (então ilegal) aborto

O Livro Verde (1975), de Muammar Gaddafi
Para uma Nova Liberdade: O Manifesto Libertário (1973), de Murray Rothbard

Novo Manifesto Libertário (1980), de Samuel Edward Konkin III
Burgermanifests de Guy Verhofstadt: I (1981); II (1991); III (1994); IV (2006)

The New Hope for Britain (1983), mais conhecido como "A nota de suicídio mais longa da história", pelo Partido Trabalhista do Reino Unido



avatar
txs
Real|Mojo

QG : 31

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por 4dr14n em Seg 15 Jan - 3:33


Sociedade Industrial e seu Futuro (1995), de Ted Kaczynski, também conhecido como Unabomber

Manifestos Artísticos :

O Manifesto Antropofágico (1922), de Oswald de Andrade

O Manifesto Simbolista (1886), de Jean Moreas
O Manifesto Futurista (1909), de Filippo Tommaso Marinetti

Du "Cubisme" (1912), de Albert Gleizes e Jean Metzinger
A Arte dos Ruídos (1913), de Luigi Russolo

O Manifesto de Arquitetura Futurista (1914), de Antonio Sant'Elia (o Manifesto do Futurismo)
BLAST o manifesto vorticista (1914), por Wyndham Lewis



avatar
4dr14n
Miembro|de|Oro

QG : 64

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por 4dr14n em Seg 15 Jan - 3:36



Manifesto Feminista (1914), de Mina Loy

O Manifesto Dada (1918), de Tristan Tzara
O Manifesto Dada (1918), de Hugo Ball

O Manifesto Surrealista (1924), de André Breton
O Manifesto Suprematista (1924), de Kazimir Malevich

O Manifesto do Cinema Livre (1956), de Lindsay Anderson Karel Reisz e Tony Richardson Lorenza Mazzetti
O Manifesto Abomunista (1959) por Bob Kaufman

O Manifesto Oulipo (1960), de François Le Lionnais
Fluxus Manifesto (1961) por George Maciunas

"O Teatro Revolucionário" (1965) por Amiri Baraka
O Manifesto Romântico (1969) de Ayn Rand

Sobre a Arte do Cinema (1973) de Kim Jong-il
Manifesto de Ovos Poéticos, em "Império dos Sonhos" (1998 em espanhol, 1994 em inglês) por Giannina Braschi

Dogma 95 (1995) por Lars von Trier, Thomas Vinterberg, Kristian Levring e Søren Kragh-Jacobsen.
Manifesto da Transdisciplinaridade (1996) por Basarab Nicolescu




avatar
4dr14n
Miembro|de|Oro

QG : 64

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: M4n1f3ST0

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum